Sem Desperdício

Mundo Batavo abriga uma cidade sustentável feita com 20 mil embalagens de leite.

Sem Desperdicio

Um mundo real feito de embalagens. Um mundo ecologicamente sustentável. Um mundo sem desperdícios. O Mundo Batavo. Essa é a nova diretriz da marca, que acaba de apresentar ao mercado uma inovadora caixinha de leite certificada pelo FSC (Conselho de Manejo Florestal). Um importante sinal da estratégia ambiental adotada para o futuro.

“Esse é apenas o primeiro passo frente a um longo caminho a ser percorrido para o reposicionamento da Batavo”, diz o vice-presidente de Lácteos da BRF, Fábio Medeiros. “O consumidor vai conferir muitas novidades daqui para frente”.

Os detalhes serão divulgados ao longo deste ano, mas de antemão é possível destacar que as estratégias englobam toda a linha de produtos. Um sinal do que vem por aí é a participação da marca na edição 2012 do Big Brother Brasil, transmitido pela Rede Globo, com uma geladeira adesivada e recheada com diversos itens Batavo. Também estão previstas outras ações no programa.

Novas embalagens são produzidas em parceria com a Tetra Pak e possuem formato inclinado, com tampa maior. Ainda apresentam referências à natureza e são certificadas pelo FSC (Conselho de Manejo Florestal).

A criação do Mundo Batavo é assinada pela artista plástica Nani Brisque, que coordenou 106 profissionais, durante 13 dias. O resultado do trabalho é uma maquete gigante de 45 metros quadrados, feita com 20 mil embalagens de leite Batavo. Com personagens, ruas e prédios, o projeto serviu de cenário para o filme publicitário 3D e também para o hotsite www.mundobatavo.com.br.

Nele, o internauta pôde, inclusive, realizar doações de leite para instituições públicas enquanto ajudou a construir partes do Mundo Batavo. Até o momento, as contribuições somaram 8,4 mil litros do alimento.

A campanha online incluiu também banners animados em sites com os personagens do filme. Ações nas redes sociais e em blogs também chamaram para o hotsite e tiveram grande força na divulgação, que contou com a veiculação de filme em TV aberta em São Paulo e Paraná. Apenas na produção televisiva o investimento foi de R$ 1 milhão.

Em janeiro, há planos de expor a maquete do Mundo Batavo e fazer oficinas de dobradura com artistas da equipe de Nani Brisque. Aguardem.

 

Comentários estão fechados.

Slider by webdesign