segunda 26 Jun 2017

Perdigão volta a atuar em 83% do mercado de alimentos processados

unnamed1

Marca estava fora de algumas de suas categorias mais representativas há três anos

A Perdigão começa hoje um novo capítulo em sua história. A marca está pronta para reabastecer o mercado com seus presuntos, apresuntados, linguiças defumadas e cortes de carnes suínas (tender, pernil temperado, lombo e picanha suína), que não eram comercializados desde 2012, ano em que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) autorizou a criação da BRF, empresa que nasceu após a fusão de Sadia e Perdigão.

“O retorno de Perdigão em categorias relevantes determina uma nova etapa para o varejo nacional e, principalmente, para a BRF, que a partir de hoje tem a oportunidade de começar a trabalhar com a força total de suas duas marcas. A partir de agora o portfólio de Perdigão ficará ainda mais democrático, visto que alguns de nossos produtos mais icônicos voltarão aos pontos de venda de todo o país”, afirma Fabio Miranda, diretor de marketing da BRF e responsável pela marca Perdigão.

Com a volta destes produtos, a marca passa a atuar em 83% das categorias do mercado de alimentos processados e vai investir em estratégias de comunicação, visibilidade no ponto de venda e relacionamento com varejistas para aumentar tanto seu volume de vendas como seu market share, que hoje representa 16% do mercado, atrás apenas da Sadia, marca que também pertence à BRF.

A força de Perdigão é tão grande que, mesmo estando menos presente nas gôndolas e na mídia nos últimos anos, a marca continua sendo a segunda mais valiosa do país no setor de alimentos, segundo ranking elaborado pela BrandAnalytics. A volta de Perdigão vem acompanhada de um sólido plano de comunicação e marketing. O casal de apresentadores Angélica e Luciano Huck, entre os artistas mais admirados do país, são os garotos-propaganda da marca desde janeiro de 2015.

“O casal, que já protagonizou um primeiro filme, continua sendo responsável por disseminar os atributos de afeto, carinho e respeito que permeiam as próximas campanhas da marca, repercutindo o posicionamento ‘Em Família tem mais sabor’”, conclui Andrea Dietrich, gerente de marketing de Perdigão.

Além disso, a marca também desenvolveu um plano estratégico envolvendo o varejo. “Tivemos a preocupação de antecipar todos os detalhes deste retorno para nossos clientes. Investimos em materiais de ponto de venda para garantir a exposição correta de nossos produtos no pequeno e no grande varejo, bem como em treinamento para nossa equipe de vendas. Conseguimos dividir nosso plano, ouvir os anseios dos clientes e reafirmar nossa parceria”, finaliza Rafael Ivanisk, diretor nacional de vendas da BRF.

Sobre a BRF

A BRF, detentora das marcas Sadia, Perdigão e Qualy, é uma das maiores exportadoras mundiais de aves e suínos e a sétima maior empresa de alimentos do mundo em valor de mercado. A empresa possui cerca de 100 mil funcionários, 34 unidades industriais no Brasil, 10 fábricas no exterior (oito na Argentina, uma no Reino Unido e uma na Holanda) e 20 centros de distribuição. Atualmente, a companhia exporta para mais de 120 países.

Mais informações para a imprensa

Comentários estão fechados.

Slider by webdesign