domingo 23 Abr 2017

Para viver melhor

A BRF amplia a oferta de produtos para a crescente legião de consumidores preocupados com alimentação mais saudável

revista_brf_ed99_mercado_para_viver_melhor_destaque

Pratos prontos congelados com opções que combinam proteínas, vegetais e carboidratos apresentam baixo teor de gordura e de colesterol. Essa é a linha Sabor & Equilíbrio da Sadia.
Uma maionese desenvolvida a partir do óleo de girassol, fonte importante de vitamina E e do antioxidante ômega 3 – a maionese Perdigão, a primeira do mercado com esse óleo nutricionalmente superior. Uma bebida que junta o valor nutritivo do soro do leite ao sabor de frutas como maracujá, uva e pêssego. Eis o suco Batavo Hidra. Um lanche com pão integral e recheio de peito de peru ou presunto, o Hot Pocket® Panino da Sadia. Tais lançamentos recentes da BRF, tão diferentes entre si, têm um traço em comum: atendem à crescente demanda dos brasileiros por alimentos saudáveis.

O mercado de alimentos saudáveis no Brasil deve passar de R$ 40 bilhões em 2014

O consumo de alimentos que trazem benefícios à saúde cresce no mundo a taxa três a quatro vezes superior à média de expansão das vendas dos alimentos convencionais. No Brasil, o mercado de alimentação saudável deve superar os R$ 40 bilhões em 2014, conforme projeção feita pela consultoria Euromonitor. A cifra representa o triplo do tamanho que esse mercado tinha dez anos atrás. Diversas pesquisas têm mostrado que os brasileiros estão mais criteriosos na escolha dos alimentos, selecionando opções mais nutritivas. A tendência é mundial, e vem se acentuando com a ampliação da expectativa de viver mais da população em geral. Não basta ter uma vida mais prolongada, é preciso que ela seja também saudável e prazerosa. E os alimentos desempenham um papel-chave para que isso aconteça.

As pesquisas indicam que o brasileiro está buscando cuidar de sua saúde por meio da incorporação de melhores hábitos de vida, o que inclui a escolha de uma alimentação com maior qualidade.
“O consumidor tem sido educado a ler os rótulos de produto e a buscar algo que faça referência à saudabilidade”, diz Heloisa Guarita Padilha, diretora técnica da consultoria em nutrição RGNutri, prestadora de serviço à marca Batavo desde 2009. Para dar resposta a essa tendência, há pouco mais de um ano, a linha de iogurtes Batavo Pedaços passou a ter até dez vezes mais fruta. O produto foi relançado utilizando na formulação apenas frutose, o açúcar natural da própria fruta (morango, coco ou pêssego). Com pedaços de frutas visíveis, a novidade ajudou a marca a crescer no mercado: o volume vendido de maio a dezembro de 2012 mais que dobrou comparado ao mesmo período de 2011.

O consumidor quer produtos mais nutritivos e de qualidade sem abrir mão do sabor

“Alcançamos o objetivo de entregar um produto mais saudável e o consumidor aprovou”, diz Peter Bosch, diretor de Tecnologia e P&D da área de Lácteos da BRF. Focada na saudabilidade, a Batavo tem se diferenciado pelos lançamentos inovadores com essa característica, entre eles, o leite Batavo Ideal, um semidesnatado que mantém os nutrientes da versão integral e tem menos gordura, a linha Batavo Hidra de sucos de fruta com adição de soro de leite, os iogurtes e bebidas lácteas Pense Zero, com opções de baixa coloria.

Na hora de provar um novo produto, o brasileiro, além de preocupações com o valor nutritivo e a qualidade do alimento, revela preferência pelo gosto. “O consumidor não quer trocar sabor pela saúde, ele quer as duas coisas juntas”, diz Fernanda Bigliazzi, diretora da consultoria Blue PM, especializada em saúde e nutrição. A conciliação de gosto e qualidade nutritiva norteou o desenvolvimento da linha Sabor & Equilíbrio de pratos congelados e também da Mini Chefs, voltada ao público infantil. “São produtos que têm o mesmo conceito de ser práticos, saborosos e saudáveis, reunindo proteínas, vegetais e carboidratos para oferecer uma gama completa de nutrientes”, afirma Fernanda. Para chegar a esse resultado, nos últimos dois anos houve um intenso trabalho de pesquisa de mercado e de inovação tecnológica. Outro produto da Sadia com esse apelo é a lasanha com massa integral. Com mais fibras e menor teor de sódio e gordura, as lasanhas integrais são oferecidas nos sabores peito de peru e brócolis, creme de espinafre e marguerita (com molho de tomate e manjericão).

O conceito da saudabilidade deve se estender a novas categorias. A oferta dessas opções, além de ir ao encontro dos anseios do consumidor, leva a BRF a avançar na direção estratégica dos produtos de maior valor agregado. A ênfase na saúde, comparativamente ao que se vê em países europeus e nos Estados Unidos, ainda tem muito por crescer. A tendência se soma a outras que o consumidor demonstra, como a da busca pela praticidade e conveniência e pela qualidade. Mais novidades saudáveis e práticas da BRF estão por vir.

As tendências no consumo de alimentos
Cinco fatores que estão moldando mundialmente os novos hábitos e atitudes em relação à alimentação

1. Sensorialidade e prazer
2. Saudabilidade e bem-estar
3. Conveniência e praticidade
4. Qualidade e confiabilidade
5. Sustentabilidade e ética

O que o brasileiro procura
Aspectos considerados mais importantes pelo consumidor no Brasil na hora de experimentar um produto

54% - Ser da marca em que eu confio ou que conheço
52% - Ser gostoso ou saboroso
28% - Ser nutritivo, enriquecido com vitaminas
27% - Ser um alimento de qualidade
27% - Ser barato
22% - Ser um alimento com menos conservantes

Comentários estão fechados.

Slider by webdesign