domingo 23 Abr 2017

O nosso Alex

Chef da equipe de Food Services da BRF é finalista no concurso International Catering Cup, em Lyon, na França

revista_brf_ed95_o_nosso_alex

Chef de cozinha formado pelo Senac-SP, todos os dias Alex Mei enfrenta uma dupla jornada. Depois de trabalhar na área de Food Services da BRF, ele segue para uma cozinha profissional onde cria, testa e executa receitas até que fiquem impecáveis. Esse “segundo turno” é um treino. É assim desde que se descobriu finalista da International Catering Cup, uma das três categorias do prestigiado concurso de gastronomia Bocuse d’Or, que terá lugar em Lyon, na França, em janeiro de 2013. “O objetivo é vencer, mas ir para a final em uma das cidades mais emblemáticas do mundo em termos de gastronomia já é uma grande conquista”, diz o xará do mais renomado chef brasileiro, Alex Atala.

Os finalistas apresentam-se em duplas – um chef e um assistente. O apoio de Mei é o colega Guilherme Guerard. Seu treinador é o francês Alain Uzan, que está há mais de dez anos no Brasil, atua como chef consultor em restaurantes, é professor no curso de gastronomia do Senac e um dos diretores da Associação de Profissionais de Cozinha (APC).

Os competidores terão seis horas para preparar e finalizar ao vivo, diante do júri e da plateia, uma refeição completa. Do amuse bouche – aquele bocadinho oferecido para distrair a fome antes mesmo da entrada – até a sobremesa, todos os pratos serão servidos para cada um dos 12 jurados e, também, em um bufê para oito pessoas. O tema é a Itália.

Cada minuto faz diferença na pontuação e tudo é avaliado: criatividade, habilidade, técnica, limpeza, organização, o modo como o chef manipula o alimento. “Mesmo quem executa um prato à perfeição pode colocar tudo a perder se deixar sobre a bancada um papel que deveria ter sido jogado no lixo”, diz Mei.

Além da Catering Cup, com Alex Mei e Guilherme Guerard, o Brasil tem finalistas nas outras duas categorias. Parte do dinheiro para passagens e estadia dos cozinheiros brasileiros em Lyon foi levantada em agosto em um jantar organizado pela APC no Espaço Manioca, em São Paulo. O menu foi assinado pelos chefs Laurent Suadeau, francês radicado no Brasil com fundamental contribuição para a evolução da gastronomia no país, Alex Atala, chef do D.O.M., o quarto melhor restaurante do mundo pela revista britânica Restaurant, e os jovens e talentosos Helena Rizzo, do Maní, e Alberto Landgraf, do Epice. Todos em São Paulo.

A Competição

Idealizada pelo famoso chef francês Paul Bocuse, a Bocuse d’Or é uma disputa culinária bastante tradicional, em que a plateia acompanha tudo ao vivo. Ocorre há mais de vinte anos durante a Sirha, uma grandiosa exibição voltada para o mercado de restaurantes e hotéis, em Lyon. Etapas regionais classificam finalistas do mundo todo em três categorias: na Bocuse d’Or original, as equipes fazem e servem para a bancada de jurados dois pratos salgados, um à base de peixe e outro de carne; na International Catering Cup, que está em sua terceira edição, é servida a refeição completa para o júri e, também, em serviço de bufê; já na Copa do Mundo de Pâtisserie o show é dos confeiteiros. Para o nosso Alex, boa sorte.

Nossos chefs consultores: O melhor de cada um

  1. ALEX MEI 
    carnes
    Responsável pelo treinamento da força de vendas em produtos e mercado
  2. Carolina Azevedo
    boas práticas de manipulação de alimentos
    Consultora técnica de contas globais
  3. Christiano Queiroz
    transformar a cozinha industrial em uma cozinha de autor
    Consultor de contas referência na região Sul
  4. Isabel Pisa
    transformar delícias em pratos saudáveis

    Consultora de contas estratégicas
  5. Leonardo Maciel
    tapas, dim sums, petiscos e canapés

    Responsável pelo treinamento da força de vendas em produtos e mercado
  6. Luciana Sultanum
    utilizar técnicas francesas em pratos tradicionais do sertão

    Consultora de contas referência na região Nordeste
  7. Luiza de Queiroz
    carnes
    Consultora técnica de contas globais
  8. Mariana Cozza
    transformar tendências mundiais em produtos para o mercado brasileiro
    Consultora de contas globais
  9. Mariana Villani
    fusion food
    Consultora de contas referência em Minas Gerais
  10. Marina Macedo
    trazer e adaptar conceitos mundiais ao mercado brasileiro
    Coordenadora da área de chefs consultores
  11. Rosany Sambra
    confeitaria, cozinha italiana e brasileira
    Trabalha com o desenvolvimento do mercado de queijos no Brasil
  12. Tatiana Lanna
    trazer tendências mundiais para o mercado brasileiro
    Gerente de marketing de relacionamento
  13. Thais Gimenez
    adequar técnicas inventivas a produtos acessíveis

    Consultora de contas referência em São Paulo

 

Comentários estão fechados.

Slider by webdesign