segunda 26 Jun 2017

Investimento Social

Instituto BRF de portas abertas.

investimento_social_revistabrfonline_ed93

A BRF acaba de unificar seus investimentos sociais em novo Instituto. Herdeiro das boas práticas de cidadania da Sadia e da Perdigão, o Instituto BRF dará prioridade ao desenvolvimento local e atuará, em 2012, em três frentes prioritárias: Redes Intersetoriais, Terceiro Setor e Políticas Públicas. A partir de 2013, uma quarta frente será lançada: Empreendedorismo e Empregabilidade.

“Todos os projetos e programas do Instituto visam potencializar o desenvolvimento dos municípios que fazem da BRF uma das maiores companhias de alimentos do mundo”, explica Luciana Lanzoni, diretora executiva do Instituto BRF. O Instituto dá a partida com a verba deste ano definida. “Mais de R$ 5 milhões serão investidos em 2012”, afirma Luciana.

Além de disponibilizar recursos financeiros, a BRF investe nos processos de aprendizagem e geração de conhecimento. Viabiliza também a participação voluntária de funcionários que dedicam tempo e talento às atividades locais. “Transparência e integridade estão entre os valores do Instituto BRF”, diz a executiva.

O investimento social da BRF é realizado de forma compartilhada com as unidades fabris, centros de distribuição e sedes administrativas da companhia. A gestão das ações fica a cargo da equipe corporativa do Instituto e dos membros dos Comitês de Investimento Social e Relacionamento com a Comunidade. Os comitês são formados por 5 a 15 funcionários das unidades onde se encontram os projetos sociais e os programas de investimento social.

Ao todo, há mais de 200 funcionários participando dos comitês em 29 municípios de 9 estados: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Até o fim de 2012, o Instituto atuará em cerca de 40 municípios em todo o país.

Comentários estão fechados.

Slider by webdesign