Como funciona a área de food services da BRF

Um mundo de possibilidades para quem trabalha com gastronomia

revista_brf_ed95_como_funciona_a_area_de_food_service_da_brf(0)

Dos 423 cursos universitários cadastrados pelo Ministério da Educação, gastronomia é o oitavo mais procurado. Mas só um terço dos estudantes chega ao mercado de trabalho. Os demais desistem, talvez, ao perceber que o diploma não é garantia de toque blanche, o chapéu branco e alto que diferencia o chef dos demais profissionais na cozinha do restaurante. Nem todos estão dispostos a começar descascando batatas, e muitos acham o trabalho pesado. Falta, ainda, uma visão mais ampla da carreira. A área de Food Services da BRF é um bom exemplo de oportunidades menos óbvias nessa profissão.

Na empresa há dois times. Em um deles, os chefs treinam a força de vendas em produtos e mercado. “Quando sai a campo, o vendedor precisa levar não só profundo conhecimento sobre os alimentos, mas também um repertório técnico que permita ter uma conversa consistente com o comprador, que é, normalmente, chef de cozinha”, diz Tatiana Lanna,  gerente de Marketing e Relacionamento de Food Services. A capacitação da equipe de nutricionistas que atende clientes por telefone e a avaliação de novos produtos antes que cheguem ao mercado também fazem parte da rotina desses profissionais.

Já na equipe que lida com clientes, os chefs levam pessoalmente para grandes contas consultoria de cardápio, gestão e tendências e treinamento de cozinha e salão. Cada um trabalha com 20 (contas estratégicas) ou 70 (contas globais) estabelecimentos. Pode ser uma prestigiada pizzaria, um bufê, um bar superbadalado.

“É preciso muita criatividade para entender as tendências mundiais e pensar em como elas podem ser aplicadas em situações tão diferentes”  Tatiana Lanna,  gerente de Marketing e Relacionamento de Food Services.

O objetivo é propor soluções para o cliente crescer e lucrar de um jeito sustentável. Um desafio estimulante em um mercado em que, a cada 100 restaurantes abertos, 35 fecham no primeiro ano e 95 não sobrevivem à primeira década.

As principais soluções

Atendimento ao mercado
Chefs e consultores levam aos clientes consultoria de cardápio, gestão e treinamento de equipe de garçons e cozinheiros.

 

Venda estratégica
Chefs e consultores treinam os vendedores para que conheçam bem os produtos e o mercado.

 

Tendências e inovação
Entender o que acontece no mundo e propor uma forma de aplicar os conceitos na realidade do cliente.

 

Consultoria por telefone
Nutricionistas treinadas pelos chefs oferecem apoio para a base de clientes.

 

Apoio on-line
No site da Sadia (www.sadiafoodservices.com.br), há um amplo material de apoio, com dicas e receitas, além do catálogo completo de produtos. O site de food services da Perdigão está em construção.

 

 

Comentários estão fechados.

Slider by webdesign