A Construção da Marca

revista_brf_a_construcao_da_marca

O estudo de 17 mercados estratégicos para a BRF em quatro continentes – e o entendimento dos desejos do consumidor local – foi realizado em parceria com as consultorias internacionais FutureBrand, e Ipsos. Na escalação do time, coube à Ipsos a concepção e realização das pesquisas qualitativas e quantitativas e à FutureBrand atuar como consultoria de branding. Ambas as empresas também colaboraram com a análise dos dados para definir uma marca global e o melhor roteiro para desenvolvê-la em cada país.

“O desafio da Ipsos foi avaliar a melhor combinação em muitos países diferentes, aonde a BRF fosse capaz de chegar com um mix de produtos, um posicionamento único e uma marca única quanto possível”, diz Enrique Biancotti, diretor de Clientes em países emergentes, baseado na Argentina. “Tiramos conclusões com muita confiabilidade em tempo relativamente curto. Mas agora começa o verdadeiro teste, quando os primeiros produtos resultantes da pesquisa entram no mercado.”

“O time da FutureBrand na China desenvolveu opções de nomes que pudessem traduzir a marca Sadia e seu posicionamento em mandarim, cantonês e xangainês”, diz Klara Chan, consultora sênior da empresa em Hong Kong. “Também acompanhamos a BRF em 16 focus groups conduzidos em quatro cidades para melhor entender as preferências do consumidor em relação a nomes, logotipos e embalagens customizadas para o mercado chinês.”

“O Marrocos situa-se no cruzamento das culturas ocidental, árabe, muçulmana e africana. Foi essencial entender atitudes e costumes diante de produtos e serviços nesse contexto antes de lançar novas ofertas, para atender às expectativas do consumidor marroquino”, diz Sara Bekkare, consultora da Ipsos no Marrocos.

 

Leia também: Em busca da identidade global

Comentários estão fechados.

Slider by webdesign